segunda-feira, 2 de abril de 2012

O Pós Congresso...


E chegamos ao fim de mais um Congresso Fogo do Avivamento na Igreja Tanque de Betesda em Itaperuna - RJ...
O que dizer?
Se formos tentar escrever tudo o que aprendemos, certamente não conseguiremos expressar com tamanha perfeição, porque o poder de Deus não há como explicar, A gente simplesmente sente!
Foram dias completamente transformadores, ninguém saiu de lá da mesma forma que entrou!
É maravilhoso poder ouvir de Deus e saber que tudo aquilo está sendo encaminhado aos nossos corações pelo próprio Deus, que usa e unge seus servos para tocar exatamente naqueles pontos em que precisamos ser curados, e o mais extraordinário disso tudo é que consegue impactar pessoas com diferentes corações, diferentes problemas, diferentes vidas, cada um que esteve ali pôde sentir o poder de Deus e ter a certeza de que Ele estava presente com seu Espírito Santo ministrando através de cada preletor que ali falou!
Podemos sair com uma força sobrenatural que nos encoraja a prosseguir e que nos dá plena certeza da nossa vitória em Cristo Jesus!
Além de termos ali a oportunidade de comunhão com nossos irmãos, porque é impossível passarmos tão abençoados dias sem perceber quem está ao nosso redor, e sorrir com eles, chorar e contemplar a grandeza do nosso Deus...Isso é sem dúvida algo impagável!
E assim a gente termina o Congresso Fogo do Avivamento de 2012 com aquela sensação de que estamos prontos pro que der e vier, com aquela força que vem dos céus e com aquele gostinho de quero mais, já contando os dias pro próximo congresso, sabendo que será benção e que a cada ano Deus nos abençoa mais e mais!
Valeu demais!!!
Foi tudo maravilhoso!
Parabéns a todos que ali estiveram e aos que tornaram possível esse evento grandioso!
Que Deus continue abençoando ricamente a vida do nosso querido Pr Arnolfo Pinheiro que tão sabiamente está a frente da nossa amada Igreja!



(A Foto foi Extraída do Facebook de Pedro Padro!)

domingo, 1 de abril de 2012

Olhe Para Cima!

Se você colocar um falcão em um cercado de 1m² e inteiramente aberto em cima, ele se tornará um prisioneiro, apesar de sua habilidade para o voo. A razão é que um falcão sempre começa seu voo com uma pequena corrida em terra.
Sem espaço para correr, nem mesmo tentará voar e permanecerá um prisioneiro pelo resto da vida, nessa pequena cadeia sem teto.

O morcego, criatura notavelmente ágil no ar, não pode sair de um lugar nivelado. Se for colocado em um piso completamente plano, tudo o que ele conseguirá fazer será andar de forma confusa, dolorosa, procurando alguma ligeira elevação de onde possa se lançar ao voo.

Um zangão, se cair em um pote de vidro aberto em cima, ficará lá até morrer ou ser removido. Ele não vê a saída no alto.
Por isso, persiste em tentar sair pelos lados, próximo ao fundo. Procurará uma maneira de sair onde não existe nenhuma, até que se destrua completamente de tanto se atirar contra as paredes do vidro.

Existem pessoas como o falcão, o morcego e o zangão: atiram-se obstinadamente contra os obstáculos, sem perceberem que a saída está logo acima. Se você está cercado de problemas por todos os lados, olhe para cima!

O Tempo que não temos...

Hoje estava aqui envolvida com mil e uma coisas, trabalhos, preocupações do dia a dia, mensagens chegando, emails, contas... Os dias passam ...